O QUE É CRISMA:
Tal como o Batismo, a Confirmação imprime também na alma um caráter espiritual, um selo indelével; é por isso que só se pode receber este sacramento uma vez...
Este caráter nos abre mais à ação do Espírito Santo que habita em nós; permite-nos crescer na nossa relação filial com o Pai; enraíza-nos mais profundamente na Igreja; dá-nos luz, força e amor para vivermos e testemunharmos Jesus Cristo com o nosso ser e as nossas ações. Todos devem poder reconhecer: aqui está um cristão que fala e age como tal (cf. CIC 1303).

FRUTOS DO CRISMA
Sob o impulso do Espírito Santo, os Confirmandos dizem "sim" a Cristo, professam a sua disponibilidade para ele e a sua firme vontade de não renegar sua fé. Proclamam a sua vontade de se comprometer pela Igreja e prestar assistência a seus irmãos e irmãs. Não se espera que cresçam, porque a graça teria necessidade de ser ratificada para tomar-se efetiva. É, ao contrário, pela graça da Confirmação que o cristão pode plenamente fazer sua a graça de seu Batismo Por isso, a Confirmação é administrada aos jovens como "sacramento da maturidade cristã" - maturidade essa que não coincide necessariamente com a maturidade física.


QUEM PODE RECEBER O CRISMA?




"A Confirmação aperfeiçoa a graça batismal; é o sacramento que dá o Espírito Santo, para enraizar-nos mais profundamente na filiação divina, incorporar-nos mais firmemente a Cristo, tomar mais sólida a nossa vinculação com a Igreja, associarmos mais à sua missão e ajudar-nos a dar testemunho da fé cristã pela palavra, acompanhada das obras" (CIC 1316). Os adultos recebem a Confirmação ao mesmo tempo em que o Batismo.Na Igreja do Oriente, a Confirmação - e a Comunhão - têm lugar imediatamente depois do Batismo.Na Igreja do Ocidente, procede-se de outra maneira. Antes era o bispo, pai da Igreja local, quem batizava. Dada à multiplicação das paróquias, o bispo já não pode estar presente em todos os batismos. Separou-se, portanto, no tempo, o Batismo da Confirmação, e reservou-se ao bispo a Confirmação que é o consumação do Batismo.


O OBJETO E A FORMA DO CRISMA:






Objeto: Imposição das mãos do ministro ordinário do Crisma: O Bispo Forma: Quando o Bispo administra o sacramento da Confirmação, reza assim: "Deus Pai, todo-poderoso, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, pela água e pelo Espírito Santo, Fizestes renascer estes vossos servos, libertando-os do pecado, enviai-lhes o Espírito Santo Paráclito. Dai-Ihes, Senhor, a Espírito de sabedoria e inteligência, a Espírito de conselho e fortaleza, a Espírito de ciência e piedade, e enchei-nos do Espírito do vosso Santo Temor".


O Bispo (ou o prebístero) molha a extremidade do polegar da mão direita no crisma e faz com o mesmo polegar o sinal da cruz na fronte do confirmado responder Amém, acrescenta: A paz esteja contigo, ao que o confirmado responde: Amém. Durante a unção. pode-se entoar um canto apropriado.


O CRISMA NAS SAGRADAS ESCRITURAS




São Paulo diz: "O fruto do Espírito... é: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, lealdade, mansidão, domínio próprio... Os que pertencem a Jesus Cristo crucificaram a carne com suas paixões e seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, procedamos também de acordo com o Espírito". (Gl 5, 22-25)

Categories:

Leave a Reply