Nossos irmãos protestantes gostam de rotular a nós católicos como idólatras, por causa das imagens que há em nossas igrejas, nossas casas e até em alguns comércios. Da parte deles é falta de formação doutrinal, primeiro porque não adoramos imagens, nós apenas a temos por veneração, por admiração a tal pessoa ali representada, pois esta mesma foi santificada e reconhecida pela Igreja Católica. Católico de verdade não troca o Deus vivo por uma imagem, mas reconhece que aquela imagem representa alguém que viveu uma vida segundo a Palavra, lutou contra o pecado e é para nós um exemplo de santidade (Vós vos santificareis e sereis santos, porque eu sou santo. Leviticos 11,44).
 Uma imagem, por exemplo, de Maria traz paz ao ambiente, pois ela é a Rainha da paz. Ela é a imagem de obediência a Deus, de pureza e ternura. O engraçado é que eles atacam principalmente Nossa Senhora. Criticam tanto as imagens de Maria, quem não se lembra do episódio do pastor que chutou a imagem de Nossa Senhora e dizia: “Isso aqui não é Deus”. Um grande engano quando dizem que dizemos que a imagem é Deus.
Muitos têm a capacidade de criticar uma imagem de alguém que viveu segundo os desígnios de Deus, porque não tentam evangelizar aqueles que têm imagens de demônios (Pomba gira, Iemanjá)? Porque atacam a Igreja Católica?
 Pois eu digo por experiência própria que as imagens tocam sim, quando eu estava longe da Igreja, e via um jovem com uma camiseta com a imagem de Nossa Senhora ou outro Santo eu pensava: “Que lindo, ele é católico, ele tem a coragem de andar com a camiseta de Nossa Senhora, e sentia uma imensa vontade de voltar para a Igreja de Jesus”.
 Para finalizar deixo aqui um recadinho para aqueles que dizem que somos idólatras:
 “Não adoramos as imagens como se fosse Deus, mas vemos ali um exemplo de como se chegar até Ele”
 “Aquele que idolatra imagens não verá a face de Deus, ainda bem que não é nosso caso, pois aquele que olhar para as imagens e seguir o exemplo daquele (a) que ali está representado, chegará ao reino dos Céus”
Esta é a breve história das imagens que me tocaram e me tocam profundamente até hoje.
Paz e unção!

Rodrigo Souza, Autor, editor e web designer do blog Missão Deus Permita-me, autor e colaborador do Baixe a Palavra.

Categories: ,

2 Responses so far.

  1. Muito bom o texto! O mais lindo dessas imagens não é a sua face, sua pintura, ou como foi detalhada, mas sua história de batalha, persistência, e FÉ, amor a Deus, como não olhar para tais exemplos? São tão lindos!!!
    Parabéns pelo texto!! Deus abençoe!

  2. Lindo texto é comexelente conteudo
    Parabéns Rodrigo

Leave a Reply